Tesla Gigafactory


A missão da Tesla é acelerar a transição mundial para o transporte sustentável.Para atingir esse objetivo, devemos produzir veículos elétricos em volume suficiente para forçar uma mudança na indústria automóvel. Com uma taxa de produção de 500.000 carros por ano planeada para a segunda metade desta década, só a Tesla vai atingir a atual produção mundial de baterias de íon de lítio. A Tesla Gigafactory nasceu na necessidade de fornecer as baterias energia às frota de carros projetada para o futuro.


Tesla inaugurou a Gigafactory em junho 2014 em Nevada, e espera iniciar a produção de células em 2017. Em 2020, a Gigafactory atingirá plena capacidade e produzirá mais baterias de iões de lítio do as que foram produzidas anualmente no mundo inteiro em 2013.

Em cooperação com a Panasonic e outros parceiros estratégicos, o Gigafactory irá produzir baterias para um custo significativamente menor usando economias de escala, fabricação inovadoras, redução de resíduos, bem como a simples otimização de localizar mais processo de fabricação sob o mesmo teto. A Tesla espera reduzir o custo por quilowatt-hora (kWh) das baterias em cerca de 30 por cento. O Gigafactory também será alimentado por fontes de energia renováveis, com o objetivo de alcançar a rede de energia zero.

O nome 
Gigafactory vem da capacidade anual da fábrica, de produção de baterias  planiada, 35 gigawatts-hora (GWh). "Giga" é uma unidade de medida que representa "biliões". Um GWh é o equivalente a gerar (ou consumir) um bilião de watts durante uma hora, um milhão de vezes maior do que um kWh.


Comentários

Publicações Populares

Preços do Tesla Model X - janeiro 2017

Preços do Tesla Model S - abril 2017