O Piloto Automático (Autopilot) chegou


O compromisso da Tesla de desenvolver e melhorar as novas tecnologias de forma a melhorar a qualidade do sistema de condução automático, é uma parte essencial da sua missão. Em outubro do ano passado a Tesla começou a equipar o Model S com hardware de forma a permitir a introdução ao sistema de condução automático: um radar e uma câmera frontal,  12 sensores ultra-sônicos de longo alcance posicionados de forma a detetar até 5 metros à volta do carro em todos as direção a qualquer velocidade, e um sistema de travagem eléctrico digitalmente assistido de alta precisão.A versão 7.0 do software da Tesla, dá uso a essas ferramentas de forma a oferecer uma vasta gama de recursos de segurança e conveniência, projetados para trabalhar em conjunto com o sistema de condução automático da Tesla. Este conjunto de recursos representa um sistema único, ao combinar quatro sistemas diferentes: câmera, radar, ultra-som, e GPS.O Autopilot permite ao Model S manter-se dentro de uma pista, mudar de faixa, controlar a velocidade através do sistema de cruise control. O controlo digital dos motores, dos travões e da direção ajuda a evitar colisões frontais e laterais, bem como prevenir que o carro saia de estrada. O seu carro também pode procurar por um lugar de estacionamento, alertá-lo quando um estiver disponível e estacionar em paralelo.

O Tesla Autopilot ajuda os condutores nos aspectos mais complicados e mais perigosos da estrada. A Tesla está a construir Piloto Automático de forma a dar-lhe a dar mais confiança ao volante, aumentar a sua segurança na estrada e tornar a condução mais agradável. Apesar de os carros verdadeiramente sem condutor ainda estarem a alguns anos de distância, as funções do piloto automático da Tesla equiparam-se aos sistemas que os pilotos de aviões usam quando as condições de voo são boas. O motorista apesar de tudo ainda é responsável pelo controle do carro.

Esta versão também inclui uma atualização visual ainda mais significativa dos monitores digitais para cada Model S em todo o mundo. O painel de instrumentos é focado no motorista e inclui aplicativos mais funcionais para ajudar a monitorizar a sua condução.
O lançamento da Versão 7.0 do software da Tesla  é o próximo passo para o Tesla Autopilot.A Tesla irá continuar a desenvolver novas capacidades e entregando-as por meio de atualizações de software, mantendo assim os clientes na vanguarda da tecnologia da condução nos próximos anos.

Comentários

Publicações Populares

Preços do Tesla Model X - janeiro 2017

Preços do Tesla Model S - abril 2017