Tesla vai fornecer sistema Powerpack à subestação Edison Mira Loma

Na semana passada, através de um processo competitivo, a Tesla foi selecionada para fornecer um sistema de Powerpack de 20 MW/ 80 MWh na subestação Edison Mira Loma, no sul da Califórnia.

Em outubro do ano passado, uma ruptura catastrófica no reservatório de gás natural em Aliso Canyon causou uma fuga de gás metano, que deslocou mais de 8.000 californianos e lançou 800 toneladas de metano para a atmosfera. Hoje, a fuga de Aliso Canyon é considerada a pior na história dos EUA, com emissões de gases de efeito estufa que superam as do derramamento de petróleo Deepwater Horizon de 2010.

Após a sua conclusão, o sistema Powerpack será o maior projeto no mundo de armazenamento de energia com baterias de iões de lítio. Quando totalmente carregado, este sistema irá manter a energia suficiente para abastecer mais de 2.500 famílias para um dia ou carregar 1.000 veículos Tesla.

É ainda de notar que a capacidade da Gigafactory para produzir em larga escala permitirá que os Powerpacks sejam fabricados, transportados, instalados em três meses. O sistema será carregado usando eletricidade da rede nos horários de pouco consumo e depois fornecerá energia durante o período de maior consumo para ajudar a manter o funcionamento da infra-estrutura elétrica confiável.

Comentários

Publicações Populares

Preços do Tesla Model X - janeiro 2017

Preços do Tesla Model S - abril 2017