A partir de hoje todos os carros em produção terão hardware para conduzirem de forma totalmente autónoma

A Tesla anunciou esta madrugada o novo hardware para o Autopilot. E este já está a ser montado em todos os novos carros na linha de montagem.

A partir de hoje, todos os veículos Tesla produzidos na fábrica da marca, incluindo o Model 3, terão o hardware necessário para chegar ao nivel 5 de autonomia na condução um nível de segurança substancialmente maior do que o de um motorista humano. Oito câmaras fornecem uma visibilidade de 360 graus em torno do carro com um alcance até 250 metros de distância. Doze sensores ultra-sónicos irão complementar essa visão, permitindo a detecção tanto de objectos duros como moles a uma distância duas vezes maior do que o sistema anterior. E um radar frontal já com o novo processamento melhorado irá fornecer os dados adicionais sobre o mundo num comprimento de onda, capaz de ver qualquer carro à frente através da chuva forte, neblina e poeira.

De forma a processar esta grande quantidade de dados, a Tesla irá também atualizar o computador de bordo para um supercomputador, Nvidia GPU Titan, com um poder de computação 40 vezes superior ao do anterior. Capaz de correr a atualizada rede neural de visão da Tesla. 

No entanto as funcionalidades do novo hardware só serão ativadas mais tarde, primeiro a Tesla terá de calibrar o sistema usando milhões de quilómetros de condução no mundo real para garantir melhorias significativas na segurança e na conveniência. O que fará com que os Teslas com o novo hardware tenham por algum tempo menos funcionalidades do que a primeira geração do Autopilot. No entanto, quando todos os recursos já estiverem aprimorados, a marca irá atualizar o sistema por OTA (over-the-air), o que permitirá aos novos carros chegarem ao 3º nível de autonomia nos próximos meses, o nível 4 e 5 deverão chegar mais tarde, mas já permitirão chegar à plena autonomia em 2018.

No meio de tudo isto parece que a marca está a tentar afastar-se do nome "Autopilot", que é um sistema avançado de condução assistida, e que muita polémica criou por causa do nome.

Comentários

Publicações Populares

Preços do Tesla Model X - janeiro 2017

Preços do Tesla Model S - abril 2017